2ª edição: curso Mídias Sociais para Empresas

Texto original no Mercado Web Minas.

Como começar uma atuação profissional em mídias sociais? Em quais redes minha empresa deve estar? Planejamento e estratégia são a mesma coisa? Fazer as perguntas certas é um dos caminhos para uma boa atuação digital. No curso “Mídias Sociais para Empresas” vamos abordar todo o processo de gestão on-line de uma marca, desde o planejamento estratégico à mensuração de resultados, discutir sobre o que há de mais novo na área e aprender sobre as principais tarefas de um gestor.

PROGRAMA

1. Como gerar negócios por meio de mídias sociais
2. Planejamento e estratégia são a mesma coisa?
3. Consumidor digital: comportamento e tendências
4. Inbound Marketing e Mídias Sociais: amplificando o alcance do conteúdo
5. Mensuração: tem como metrificar isso tudo?
6. Mídias sociais: como atuar estrategicamente em cada uma delas
– Facebook
– Twitter
– LinkedIn
– Instagram
7. Monitoramento: como transformar o que falam da minha marca em informação relevante
8. Gestão de crise: antes, durante e depois
9. Promoção: sorteio x concurso cultural – como e por que fazer
10. Anúncios: como investir para que o conteúdo da marca chegue ao meu público
11. Bônus: dicas de ferramentas

SOBRE AS INSTRUTORAS

Cristiane Gontijo é publicitária, concluinte do MBA em Branding. Trabalha com comunicação e marketing digital desde 2011. Já atuou com planejamento e gestão de marcas em mídias sociais para clientes de diferentes segmentos como Procon-MG, Fundação Dom Cabral, Pato Fu e Cervejaria Bäcker. Atualmente, é planner da Edeal Comunicação e trabalha como voluntária na campanha 5ML de Esperança em parceria com a Plan B Comunicação.

Natália Boaventura é graduada em Publicidade e Propaganda e em Jornalismo. Há 8 anos trabalhando com comunicação, já atuou como jornalista, revisora, redatora publicitária e social media. Desde 2012, integra o Conselho Geral da Academia Mineira de Marketing (AMMA). Atualmente é coordenadora de mídias sociais na Filadélfia Comunicação, atendendo a clientes como Inhotim, Mondaine e PUC Minas.

Quando: Sábado, 13 de junho, de 08h30 às 17h30.
Aonde: Plan B Comunicação – R. Ouro Preto, 1295. Santo Agostinho, Belo Horizonte.
Inscrições: http://bit.ly/MSPE-PlanB (R$ 280,00).
Mais informações: midias.sociais.bh@gmail.com

Facebook ADs: públicos personalizados

Há alguns dias, participei de um treinamento on-line realizado pelo Facebook sobre públicos personalizados para anúncios. Não é de hoje que a rede tem procurado qualificar seus anunciantes, afinal, quanto melhor a performance dos anúncios, mais as pessoas terão desejo de anunciar.

Público personalizado (Custom Audience)

Nos anúncios do Facebook, essa é a maneira mais fácil de encontrar as pessoas que você já conhece dentre as que estão na base de cadastrados da rede. Isso pode ser feito a partir de contato de e-mail, número de celular, ID no Facebook e até mesmo ID de aplicativos.

Facebook-publicos

 

Para criar um público personalizado, basta acessar o Manage ADs e selecionar a opção “públicos” no menu à esquerda. Depois, clique no botão “criar público” e selecione a opção “público personalizado”. Nesse momento, é só selecionar o tipo de público que você deseja criar com base nos dados que tem disponíveis e escolher como prefere carregar esse material. Quando for configurar seus anúncios, lembre-se de utilizar os públicos personalizados que você criou para melhor performance.

FAQ

Durante o treinamento, a equipe especializada do Facebook respondeu a algumas das dúvidas dos participantes. Como elas também podem ser as suas, compartilho as principais aqui embaixo:

 P) Como eu conseguiria uma lista de IDs das pessoas? Todos têm o ID visível? Ou a pessoa pode escolher não ter o ID? Existe ID de pessoas públicas?
R) O ID das pessoas não é público. Você consegue os IDs das pessoas por meio dos apps do Facebook. Por exemplo, os botões de Facebook connect, FB login ou app mobile.
P) Onde conseguimos esses apps para extraírmos os IDs?
R) Esses apps são aqueles botões que vocês implementam no site de vocês para que as pessoas façam login com FB. Dess
a forma, quando a pessoa faz login, ela aceita conceder informações para a empresa. No link abaixo você encontra como instalar esse botão e outros plugins do Facebook: https://developers.facebook.com/products/login/
P) Se caso o e-mail cadastrado no website não for o mesmo e-mail cadastrado no perfil do Facebook, ele acha mesmo assim? (em relação aos públicos personalizados por mailing no excel)
R) Se o email cadastrado no Facebook não for o mesmo da sua lista de CRM, nós não conseguimos encontrar essas pessoas. Por isso, nunca encontraremos 100% das pessoas da sua lista.

P) Se eu selecionar números de telefone, as pessoas da lista serão impactadas somente via mobile?
R) Não, você não impactará apenas no mobile. O número de telefone funciona como o email, iremos procurar esses telefones na nossa base, já que algumas pessoas informam o telefone no momento do cadastro. Mas você impacta essas pessoas em qualquer dispositivo de acesso

P) O que, de fato, é considerado para criar um público LookAlike? Páginas em comum? Interesses? Idade? Localização? Sempre criei e uso o público LookAlike mas ainda não consegui ninguém que me explicasse exatamente o que o FB leva em consideração para criar esse tipo de público.
R) O Facebook leva em conta mais de 5.000 fatores para encontrar pessoas semelhantes. Ou seja, nós procuramos as principais características em comum do seu público personalizado para encontrar outras pessoas com as mesmas características, desde dados geográficos, demográficos, páginas que essas pessoas curtem, termos mais utilizados em postagens, tudo o que sabemos sobre elas.
P) É possível criar um look a like de outra página ?
R) Não, só é possível criar um lookalike da sua página, por questões de privacidade.
P) Como fazer campanhas no facebook direcionado a um público A/B?
R) Para encontrar o público A/B temos duas opções: a mais efetiva é sempre trabalhar com um público semelhante (lookalike) da sua lista de clientes. Caso, você não tenha uma base ou queira explorar as segmentações nativas, você pode segmentar por dispositivo de acesso (dentro de Comportamentos), e selecionar smartphones mais caros. Isso não significa que seu anúncio aparecerá apenas no mobile, mas sim que pessoas que possuem esses celulares verão seu anúncio independente de onde elas acessarem o facebook.
P) A lógica quanto mais segmentado o clique fica mais caro é fato?
R) Quanto mais fechado e específico (qualificado) o público, mais caro. Apesar de o clique ser mais caro, porque o público é mais qualificado, o anúncio é mais eficiente, porque tem mais chance de converter a pessoa. O clique mais barato vale quando o público é mais amplo.
P) O Facebook sugere o modelo de planilha excel para a organização dos dados dos públicos personalizados?
R) Uma coluna só, com todos os e-mails. Arquivo em csv com lista de e-mails ou telefones.
Apesar de não terem abordado os anúncios dinâmicos de produtos, eles disponibilizaram um material para download com mais informações e, também, um link direto para a Central de Ajuda.

O material completo sobre Públicos Personalizados pode ser baixado nesse link. ;)

Por que sua empresa precisa estar presente no Pinterest

Provavelmente, é estratégico que sua empresa esteja no Facebook ou Twitter. Talvez, seja inteligente que ela compartilhe fotos no Instagram e esteja no LinkedIn para encontrar novos funcionários e inspirar profissionalmente os antigos. Mas o que dizer do Pinterest?

Se sua empresa tem uma história para contar – que possa ser contada visualmente – há um público na rede esperando por você.

Pinterest e a narrativa visual

A rede tem uma reputação que pode tornar difícil a tarefa de vendê-lo aos clientes. Muitos pensam que o Pinterest é utilizado somente por mulheres que desejam colecionar ali suas aspirações pessoais, como as receitas mais incríveis ou as fotos do seu futuro casamento – o que não quer dizer que isso não aconteça. Mas é importante lembrar que, devido principalmente aos seus recursos para narrativa visual, existe na rede um grande potencial para negócios.

Pinterest_azeiteandorinha

 

Para estrear sua conta no Pinterest, o azeite Andorinha criou um verdadeiro livro de receitas digital. De forma didática e visualmente atrativa, a marca utilizou seu perfil na rede para mostrar como usar cada produto de seu portfolio. Além de ensinar como preparar os alimentos, a intenção é compartilhar receitas de outros perfis relacionados à gastronomia e mostrar como o ingrediente pode ser utilizado mesmo nas receitas mais inusitadas, como no pudim de azeite e mel.

Pinterest_hootsuite

 

 O Hootsuite é outro bom exemplo de utilização diferenciada do Pinterest. O sistema de gerenciamento de mídias sociais tem boards dedicados a ajudar as pessoas a usá-lo melhor, incluindo estudos de caso, infográficos e melhores práticas e tendências. Há também um board dedicado aos embaixadores da marca da empresa, para que os usuários do Pinterest possam ver o que seus influenciadores de mídias sociais estão fazendo.

O diferencial do Pinterest

O conteúdo do Pinterest deve ser pensado como conteúdo de longo prazo. Deve ser usado em termos do quais valores visuais cada parte do conteúdo pode transmitir e quanto tempo ele pode ser útil.

Isto não é sobre você. Isto não é um catálogo. Você tem que pensar além de si mesmo. O Pinterest é um lugar onde você pode desenvolver uma comunidade e inspirar as pessoas a fazerem parte de uma comunidade também.

Não funciona como no Facebook ou Twitter. Nessas redes, pode ser que você poste a foto da sua marca e 50 pessoas a compartilhem, mas, logo depois, sua imagem irá se perder em meio ao feed de notícias. No Pinterest, o conteúdo pode ficar ali registrado e ser achado com mais facilidade por meio dos boards. Ele deve ser criado para ser fresco por muito tempo, ainda que seja venha a ser compartilhado meses depois.

Pinando o futuro

Sem dúvida, em termos de rede social relacionada ao compartilhamento de imagens, o Instagram é o atual gigante, embora seu formato seja muito diferente e se concentre em imagens originais ao invés de fotos de outras fontes. O Pinterest ainda enfrenta o problema de não atrair o público masculino, visto que sua natureza traz à mente uma lógica scrapbooking, que não tem sido, culturalmente, uma preferência para os homens. Redes como o LockerDome podem ser uma porta de entrada masculina para a lógica Pinterest.

Ainda assim, o Pinterest é um gigante em seu próprio direito. De acordo com o mais recente Shareaholic Mídia Social, o Pinterest é a segunda maior rede social geradora de referências,  atrás apenas Facebook. Se a rede adicionar aos seus recursos o botão “comprar”, como alguns rumores indicam que está próximo de acontecer, as marcas de comércio eletrônico, principalmente, iriam garantir a sua presença por lá. O Pinterest também poderia facilitar parcerias entre marcas e sites de comércio eletrônico. Vamos aguardar – e torcer.

* Se você tem uma história de sucesso, conte ao Pinterest como a rede ajudou a fazer o seu negócio crescer.

1ª edição: curso Mídias Sociais para Empresas

Matéria original no portal Minas Marca

Como alavancar negócios nas mídias sociais? Foi para discutir sobre o assunto e responder a essa pergunta que eu e a Cristiane Gontijo e Natália Boaventura criaram o curso “Mídias Sociais para Empresas”, cuja 1ª edição irá acontecer em Belo Horizonte no dia 28 de março (sábado), no Elo Coworking.

O programa tem como temáticas principais o planejamento e a gestão de mídias sociais, abordando desde estratégias para atuação nas redes até como mensurá-las. “Muitas vezes, ficar só na teoria, sem nunca ter atuado na área, é fácil. Nós vivemos essas situações na prática e, por isso, queremos compartilhar o conhecimento que adquirimos ao longo desses anos”, afirma a coordenadora de mídias sociais da Filadélfia Comunicação, Natália Boaventura. “Criar o perfil de uma empresa em uma mídia social é simples. Manter a atuação e trazer resultados tangíveis para a marca exige mais do que planejamento, mas também estratégia” complementa a planner Cristiane Gontijo.

O investimento é de R$200,00, que podem ser pagos em boleto ou cartão de crédito. Para conhecer o programa completo e mais informações, acesse: http://bit.ly/midias-sociais-bh. Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail midias.sociais.bh@gmail.com.

SOBRE AS INSTRUTORAS

Cristiane Gontijo é publicitária, concluinte do MBA em Branding. Trabalha com comunicação e marketing digital desde 2011. Já atuou com planejamento e gestão de marcas em mídias sociais para clientes de diferentes segmentos como Procon-MG, Fundação Dom Cabral, Pato Fu e Cervejaria Bäcker. Atualmente, trabalha como voluntária na campanha 5ML de Esperança em parceria com a Plan B Comunicação.

Natália Boaventura é graduada em Publicidade e Propaganda e em Jornalismo. Há 8 anos trabalhando com comunicação, já atuou como jornalista, revisora, redatora publicitária e social media. Desde 2012, integra o Conselho Geral da Academia Mineira de Marketing (AMMA). Atualmente é coordenadora de mídias sociais na Filadélfia Comunicação, atendendo a clientes como Inhotim, Mondaine e PUC Minas.

SERVIÇO

Curso de Mídias Sociais para Empresas

Data: 28/3/15

Horário: 8h30 às 17h30

Local: Elo Coworking – Rua Desembargador Jorge Fontana, 80, Belvedere

Investimento: R$200,00

Informações: http://bit.ly/midias-sociais-bh

Inscrições: http://bit.ly/inscricao-midias-sociais-bh

Contato: midias.sociais.bh@gmail.com